quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

50 coisas que aprendi assistindo Chapolin


50 coisas que aprendi assistindo Chapolin:

Kibando do "Quem matou a tangerina?"...

1. Automação residencial nada mais é que um sujeito chamado Pepe.

2. Existe uma grande diferença entre meteoros e aerolítos.

3. As Anteninhas de Vinil são mais eficazes e úteis que um cinto de utilidade.

4. Heath Ledger seria um excelente Tripa Seca.

5. Jamais esqueça de colocar os parafusos na cabeça do seu mordomo-robô.

6. Parangamicotoromirruaro é abracadabra em espanhol.

7. O Chapolin viajava no tempo.

8. O Poucas-Trancas mora na Barra Funda.

9. O extrato de energia volátil não é para principiantes.

10. Todos os fantasmas, vampiros e múmias são, na verdade, bandidos disfarçados.

11. ETs existem. E seus discos voadores podem ser controlados por um Nintendo Wii.

12. Ser um espião famoso não é um bom negócio.

13. Alguém conheceu a Disneylândia com o Polegar Vermelho.


ficou faltando:

n+1: “Churi Churi Fun Flays” significa “quem sabe?”

n+2: Se a comida é pouca, receita-se, antes das refeições, pastilhas encolhedoras.


Para rir das demias, clique!

Um comentário: